Departamento de Informática (UM)

Página de Unidade Curricular

DesignaçãoCódigoCursoRegimeRegente

Algoritmos e Técnicas de Programação

14452 [J203N2]

Licenciatura em Engenharia Biomédica [ENGBIOM]

S1

Pedro Manuel Rangel Santos Henriques

Objetivos

O principal objetivo desta UC é introduzir os princípios básicos da algoritmia para resolver eficazmente problemas.

Programa

1. A Resolução de Problemas: conceitos fundamentais e treino.
2. Estudo e utilização da linguagem de programação Python como um suporte à resolução de problemas em computador seguindo uma abordagem imperativa ou procedimental:
2.1. os ambientes de execução: interpretador e compilador
2.2. os tipos de dados atómicos (carater, numérico, booleano) e estruturados (strings)
2.3. a organização de código, definição de funções
2.4. a organização de código, estruturas condicional e cíclica para controlo de fluxo
2.5. a organização de código, programação modular e alguns dos (poderosos) módulos existentes
2.6. outros tipos de dados estruturados (conjuntos, listas e arrays, dicionários)
2.7. a recursividade para definir e manusear estruturas de dados infinitas e para resolver problemas complexos.

Bibliografia

Ernesto Costa (2015). Programação em Python.

Beazley, D. & Jones, B. (2013) Fundamentos e Resolução de Problemas, FCA-Editores de Informática Lda. Python cookbook. Sebastopol, CA: O'Reilly.

Python Software Foundation [US], https://www.python.org/

Resultados da aprendizagem

- treinar o Pensamento Computacional imprescindível para resolver problemas recorrendo ao computador, com vista a promover:
- a decomposição de um problema em subproblemas (dividir para conquistar)
- o raciocínio lógico
- o pensamento estruturado e o reconhecimento de padrões
- o pensamento abstrato
- o pensamento estratégico
- o pensamento crítico (avaliar, depurar, analisar, e otimizar)
- a criatividade
- a persistência;
- concretizar estas competências, ou habilidades, numa Linguagem de Programação Imperativa como o Python.

Método de avaliação

A avaliação da aprendizagem envolve: uma componente experimental em grupo e uma componente teórica individual.
Ambas têm limite de execução temporal bem definido, nunca excedendo o período letivo.
A classificação final é 40-60% da classificação prática e 60-40% da classificação teórica.
A aprovação exige nota final >= 10 valores, e nota positiva em todas as partes.

Funcionamento

Turno: T 1; Docente: José Carlos Leite Ramalho; Dep.: DI; Horas: 30.
Turno: TP 1; Docente: José Carlos Leite Ramalho; Dep.: DI; Horas: 30.
Turno: TP 2; Docente: José Carlos Leite Ramalho; Dep.: DI; Horas: 30.
Turno: TP 3; Docente: José Carlos Leite Ramalho; Dep.: DI; Horas: 30.

[ Outras UCs do Departamento ]