Departamento de Informática (UM)

Página de Unidade Curricular

DesignaçãoCódigoCursoRegimeRegente

Agentes e Sistemas Multiagente

14610 [ME78ME7800006548]

Mestrado em Engenharia Informática [MEINF]

S2

Paulo Jorge Freitas Oliveira Novais

Objetivos

O conteúdo programático proposto foi desenhado para satisfazer o grande objetivo da UC: Descrever a Programação Orientada a Agentes que é apresentada como uma nova metáfora para a descrição e programação de sistemas computacionais distribuídos.

Programa

1. Agentes
2. Sistemas Multiagente
3. Coordenação e Cooperação
4. Sistemas Argumentativos
5. Negociação entre Agentes
6. Agentes com emoções
7. Aprendizagem em Agentes
8. Segurança, Confiança e Relações Jurídicas
9. Aplicações

Bibliografia

An Introduction to Multiagent Systems, M. Wooldrige John Wiley & Sons, 2nd Edition, ISBN 978-0470519462, 2009.

Understanding Agent Systems, M. D'Inverno and M. Luck, Springer, ISBN: 978-3540407003, 2nd edition, 2013.

Developing Multi-Agent Systems with JADE, F., Bellifemine, G. Caire and D. Greenwood,John Wiley & Sons, ISBN: 978-0470057476, 2007.

Multiagent Systems: Algorithmic, Game-Theoretic, and Logical Foundations, Yoav Shoham and Kevin Leyton-Brown, Cambridge University Press; ISBN 978-0521899437, 2008.

Artificial Intelligence: A Modern Approach, Stuart Russell and Peter Norvig, (3rd Edition), ISBN 978-9332543515, 2015.

Resultados da aprendizagem

- Caracterizar e aplicar as noções gerais de agente e sistemas multiagente, enumerando e classificando diferentes propriedades de agentes e de ambientes;
- Especificar sistemas distribuídos e descentralizados seguindo o paradigma orientada ao agente;
- Criar agentes com uma dada arquitetura;
- Desenhar uma sociedade de agentes e utilizá-la na resolução de um problema;
- Criar, de uma forma prática, uma sociedade de agentes que comunicam usando uma linguagem de agentes, usando diferentes plataformas;
- Desenvolver soluções, nas mais diversas áreas de aplicação, usando uma metodologia de resolução de problemas orientada ao agente.

Método de avaliação

A avaliação da aprendizagem envolve dois instrumentos de avaliação: trabalhos práticos de desenvolvimento (com peso de 50% a 60%) e uma prova escrita (com peso de 40% a 50%). A classificação final é calculada pela ponderação dos diversos instrumentos de avaliação.
É considerado aprovado o aluno cuja classificação final seja superior ou igual a 10 (dez) valores.
Para o cálculo da classificação final podem-se estabelecer notas mínimas, sendo que, para instrumentos de avaliação de cariz prático, esta nota mínima não pode ser inferior a 10 (dez) valores.

Funcionamento

Turno: T 1; Docente: Paulo Jorge Freitas Oliveira Novais; Dep.: DI; Horas: 15.
Turno: PL 1; Docente: Filipe Manuel Carvalho Rodrigues Bravo Gonçalves; Dep.: DI; Horas: 30.

[ Outras UCs do Departamento ]