Departamento de Informática (UM)

Página de Unidade Curricular

DesignaçãoCódigoCursoRegimeRegente

Sistemas Interativos Confiáveis

14618 [ME78ME7800006557]

Mestrado em Engenharia Informática [MEINF]

S2

José Francisco Creissac Freitas Campos

Objetivos

Os conteúdos programáticos estão directamente relacionados com os objectivos de aprendizagem definidos para a Unidade Curricular. Com efeito, os conteúdos programáticos foram concebidos de modo a que, num primeiro módulo introdutório, sejam abordados e discutidos os principais tópicos relevantes para uma consciencialização da necessidade de considerar a confiabilidade do binómio utilizador-sistema na concepção de sistemas interactivos (Objectivos 1 e 2); num segundo módulo, é discutida a necessidade de integração de técnicas de modelação e análise formais no processo de desenvolvimento centrado no utilizador (Objectivos 2 e 3), são depois fornecidas as ferramentas necessárias para a análise dos sistemas, quer durante a fase de concepção (Objectivos 2 a 4), quer durante a fase de implementação (Objectivo 6). Para suportar o desenvolvimento das interfaces, são ainda abordadas tecnologias e padrões de desenvolvimento web (Objectivo 5).

Programa

1. A noção de erro em Interacção Humano-Computador (erro humano vs erro de uso; taxonomias; técnicas de análise de erros)
2. Integração de técnicas de modelação e análise rigorosas no processo de concepção centrado no utilizador
3. Técnicas e ferramentas de análise baseada em modelos para sistemas interactivos (modelação da interacção e das interfaces; animação dos modelos; prototipagem; verificação)
4. Tecnologias web para desenvolvimento de interfaces com o utilizador (padrões arquitecturais e de IHC, independência de camadas, responsive web design, adaptação ao contexto, tecnologias client side vs. server side)
5. Ferramentas de teste automatizado de interfaces com o utilizador (capture-replay; geração de testes a partir de modelos; execução automatizada dos testes)
6. Técnicas de avaliação empírica sumativa

Bibliografia

Human-Computer Interaction, third edition. A. Dix et al. (2004), Pearson/Prentice-Hall.

Foundations for Designing User-Centered Systems. F.E. Ritter et al. (2014), Springer.

Engineering a Safer World: Systems Thinking Applied to Safety. N.G. Leveson (2011), The MIT Press.

The Handbook of Formal Methods in Human-Computer Interaction. B. Weyers et al., editors (2017), Springer.

Handbook of Usability Testing: How to Plan, Design, and Conduct Effective Tests, 2nd Edition. J. Rubin & D. Chisnell, Wiley.

Research Methods for Human–Computer Interaction. P. Cairns & A.L. Cox (2008), Cambridge University Press.

Resultados da aprendizagem

Os alunos deverão ser capazes de:
- Compreender a importância do factor humano na confiabilidade de sistemas computacionais interactivos
- Conceber sistemas computacionais interactivos tendo em atenção aspectos de usabilidade e confiabilidade
- Compreender as potencialidades e limitações de diferentes técnicas de avaliação de interfaces
- Avaliar modelos de sistemas computacionais interactivos recorrendo a técnicas adequadas
- Desenvolver camadas de interface com o utilizador fiáveis e seguras para aplicações Web
- Avaliar interfaces de aplicações Web recorrendo a técnicas adequadas

Método de avaliação

A metodologia de avaliação considera duas componentes. Uma individual, um exame escrito, que afere a compreensão dos conceitos bem como a capacidade de os aplicar. Outra continua, e de trabalho em equipa, que considera o trabalho em sala de aula e a realização do projeto, que afere a capacidade de aplicação dos conhecimentos transmitidos. O exame escrito tem um peso na classificação final que se situa entre 40% a 50%, valendo a componente continua entre 50% a 60%.

Funcionamento

Turno: T 1; Docente: José Francisco Creissac Freitas Campos; Dep.: DI; Horas: 15.
Turno: PL 1; Docente: José Francisco Creissac Freitas Campos; Dep.: DI; Horas: 30.

[ Outras UCs do Departamento ]