Departamento de Informática (UM)

Página de Unidade Curricular

DesignaçãoCódigoCursoRegimeRegente

Estágio Profissional

12051 [MP16MP1600003330]

Mestrado em Ensino de Informática [MEI]

A

António José Meneses Osório

Objetivos

A UC visa a formação de professores reflexivos e autónomos, capazes de investigar a sua ação e de promover uma educação de orientação humanista e democrática, preparando o estudante para uma ação informada, deliberada, crítica, inovadora e ajustada aos contextos profissionais.

Programa

A UC integra 3 componentes de formação:
- Observação de Aulas e Desenho do Projeto: ensino reflexivo e perspetivas do ensino da Informática; estratégias de observação de aulas; construção de projetos pedagógicos.
- Intervenção Pedagógica: ensino reflexivo e perspetivas do ensino da Informática no desenvolvimento e avaliação de projetos pedagógicos.
- Seminários da Área de Docência: saberes disciplinares de apoio à docência e ao desenvolvimento dos projetos pedagógicos.

Bibliografia

Jonassen, D. (2007). Computadores, ferramentas cognitivas. Porto: Porto Ed.

Pacheco, J. A. & Morgado, J. C. (2003). Construção e avaliação do projecto curricular de escola. Porto: Porto Ed.

Roldão, M. C. (2009). Estratégias de Ensino. O saber e o agir do professor. Gaia: Fundação Manuel Leão.

Vieira, F.; et al. (2010). No caleidoscópio da supervisão. Mangualde: Pedago

Resultados da aprendizagem

- Problematizar contextos, discursos, conteúdos, recursos e estratégias da educação em Informática, articulando referentes conceptuais, metodológicos e axiológicos relevantes à sua compreensão;
- Concretizar, ao nível da conceção, desenvolvimento e avaliação, projetos de intervenção pedagógica no ensino de Informática, em articulação com as variáveis situacionais específicas dos contextos da prática profissional;
- Mobilizar competências disciplinares, pedagógicas e investigativas relevantes à consecução de projetos de intervenção pedagógica no ensino de Informática;
- Mobilizar competências de reflexividade, autodirecção e criatividade e inovação, no quadro de uma orientação indagatória e colaborativa do processo de desenvolvimento pessoal e profissional.

Método de avaliação

A avaliação incide sobre trabalhos de seminário, a prática pedagógica nas escolas e um relatório de estágio defendido em provas públicas. Os critérios de avaliação são: mobilização crítica do conhecimento, integração teoria-prática e investigação-ensino no desenvolvimento da ação educativa, atitude reflexiva e proativa face à profissão.

Funcionamento

Turno: TP 1; Docente: António José Meneses Osório; Dep.: DECTE; Horas: 30.
Turno: OT 1; Docente: António José Meneses Osório; Dep.: DECTE; Horas: 22.
Turno: OT 1; Docente: Maria Altina Silva Ramos; Dep.: DECTE; Horas: 3.
Turno: OT 2; Docente: Maria Altina Silva Ramos; Dep.: DECTE; Horas: 19.
Turno: OT 2; Docente: Lia Raquel Moreira Oliveira; Dep.: DECTE; Horas: 6.
Turno: OT 3; Docente: Maria João Silva Ferreira Gomes; Dep.: DECTE; Horas: 9.
Turno: OT 3; Docente: Lia Raquel Moreira Oliveira; Dep.: DECTE; Horas: 16.
Turno: OT 4; Docente: Maria João Silva Ferreira Gomes; Dep.: DECTE; Horas: 13.
Turno: OT 4; Docente: José Alberto Lencastre Freitas Borges Araújo; Dep.: DECTE; Horas: 12.
Turno: OT 5; Docente: ; Dep.: DECTE; Horas: 15.
Turno: OT 5; Docente: José Alberto Lencastre Freitas Borges Araújo; Dep.: DECTE; Horas: 10.
Turno: S 1; Docente: Pedro Manuel Rangel Santos Henriques; Dep.: DI; Horas: 60.

[ Outras UCs do Departamento ]